Tag Archive: Natureza

ANTÓNIO BRACONS, OUTONO, JARDIM BOTÂNICO, COIMBRA, 1988, 1998

. . . António Bracons, Outono, Jardim Botânico, Coimbra, Nov. 1988, Nov. 1998 . . O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra nos seus múltiplos patamares e espaços acolhe centenas de espécies naturais.… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, OUTONO, GINGKO BILOBA, JARDIM BOTÂNICO, COIMBRA, 1988, 1998

  . . . António Bracons, Outono, Gingko-biloba, Jardim Botânico, Coimbra, Nov. 1988, Nov. 1998 . . Na entrada principal do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, a estátua de Avelar Brotero. Ladeiam… Continuar a ler

JOÃO NUNES SILVA, PORTUGAL DE NORTE A SUL, 2015

Dia 28 de Julho é o Dia Mundial da Conservação da Natureza . . . João Nunes da Silva Portugal. De Norte a Sul. From North to South Fotografia e texto: João Nunes da… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, ÁRVORES, LISBOA, 2017

Bom Ano de 2018! . . . António Bracons, Árvores, Lisboa, 2017 . . . Um ano termina, um novo ano começa. As árvores largaram as folhas, erguem os troncos ao céu. Virão… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, GAIVOTAS, COSTA DA CAPARICA, 2017 – 3

. . . António Bracons, Gaivotas, Costa da Caparica, 2017 . . .   Voam, voam, voam, voam, voam, voam… . . .

ANTÓNIO BRACONS, “LIBERDADE”, 2017 – UMA IMAGEM SOLIDÁRIA

Esta é a minha fotografia para Uma Imagem Solidária – Porto. E um poema de Eugénio de Andrade, que tão bem sente a água e o Porto. . . . António Bracons, Liberdade.… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, GAIVOTAS, COSTA DA CAPARICA, 2017 – 2

. . . António Bracons, Gaivotas, Costa da Caparica, 2017 . . . As gaivotas voam em bando na expetativa de algum peixe. Há juvenis – peito cinza e bico escuro – e… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, GAIVOTAS, COSTA DA CAPARICA, 2017 – 1

. . . António Bracons, Gaivotas, Costa da Caparica, 2017 . . . A chegada das redes de pesca à praia, com o peixe, atraem as gaivotas. Vêm de longe e juntam-se em… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, MOINHOS DA TRAMAGA, PONTE DE SOR, 2012

. . . António Bracons, Moinhos da Tramaga, Ponte de Sor, 2012 . . . Próximo de Ponte de Sor, junto à Tramaga, situa-se um moinho de água, dos alguns ainda existentes. Os… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, OLIVEIRAS, AZINHEIRAS E PINHEIROS, FÁTIMA, 2017

. . . António Bracons, Oliveiras, azinheiras e pinheiros, Fátima, 2017 . . . Por todo o país e também na região de Fátima, as oliveiras são uma presença constante, tantas vezes junto… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, OLIVEIRAS, FÁTIMA, 2017

. . . António Bracons, Oliveiras, Fátima, 2017 . . . Um pouco por todo o país, a presença das oliveiras é uma realidade: das grandes extensões de olival, aos pequenos olivais familiares… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, SANTUÁRIO DE FÁTIMA, DOS VALINHOS AO CALVÁRIO HÚNGARO, 2017

Centenário das Aparições de Fátima (13 de maio de 1917 – 2017) . . . António Bracons, Santuário de Fátima, Dos Valinhos ao Calvário Húngaro, 2017 . . . O caminho faz-se pelo… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, CAMINHO, 2016

. . . António Bracons, Caminho, 2016 . . . Abre-se o caminho ao olhar e ao caminhar. Avanço e encontro, vejo, sinto: a terra, o mar, o céu, a luz que do… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, PINHAL, PAIÃ, ODIVELAS, 2016

              As raízes dos pinheiros aprofundam-se, agarrando a árvore, mas algumas espalham-se em redor, à superfície, em linhas, arabescos, traços salientes entre a terra e a vegetação.… Continuar a ler

VALTER VINAGRE, ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO. PETS, 2013

      Valter Vinagre Animais de estimação. Pets Fotografia: Valter Vinagre / Texto: Valter Vinagre, Sérgio Gomes Lisboa: Kameraphoto / Fevereiro . 2013 Português e inglês / 23,9 x 24,1 cm /… Continuar a ler

ÁRVORES, PONTE DE SOR, 2016

            Junto à Frente Ribeirinha, no passeio que se desenvolve junto às piscinas, um conjunto de árvores foram “vestidas”, no âmbito das Festas da Cidade. Diferentes instituições e… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, LOYOLA 91, GUIPUZCOA, DE BEIZA A LOYOLA, 29.07.1991

Tornar-se apóstolo.           De Beiza (720 m), descemos a Vidania (497 m), a sua igreja de fachada austera e uma casa brazonada. Subimos por Etola-Valera (650 m), subindo ainda… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, LOYOLA 91, GUIPUZCOA, DE TOLOSA A BEIZA, 28.07.1991

Ser companheiro.               Saímos de Tolosa (74 m), acompanhando o Rio Oria até Anoeta, subimos em direção a Alkiza (330 m) e prosseguimos até ao Col. de… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, LOYOLA 91, GUIPUZCOA, DE XAVIER A LITZARZA E TOLOSA, 27.07.1991

Ser discípulo.           Partimos de Xavier de autocarro, cerca de 100 Km, até Lizartza (140 m), a partir daí prosseguimos a caminhada. Três dias pela província de Guipuzcoa, até… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, LOYOLA 91, NAVARRA, DE LUMBIER A XAVIER, 24.07.1991

Viver na luz e reler.             Saímos de Lumbier (450 m), iniciamos a subida da Serra de Leyre ou de Errando (920 m), que atravessamos. Muito verde, algumas… Continuar a ler