ANTÓNIO BRACONS, VENEZA, 1988

.

.

.

Este slideshow necessita de JavaScript.

António Bracons, Veneza, 1988

.

.

.

Ao fim da auto-estrada, o parque e o cais do vaporetto que percorre o Grande Canal.

O Grande Canal envolve grande parte da cidade e abre-se em canais mais estreitos que serpenteiam entre os edifícios e os ligam através de pequenos cais. As pontes sucedem-se e tantos edifícios de um e outro lado.

Entardece e chove uma chuva ligeira.

Descemos na Praça de S. Marcos. A iluminação, entrecortada da arcada, reflete-se na grande Praça quase deserta. Entrando na cidade, múltiplos edifícios e lojas, as máscaras de Carnaval não faltam.

Prossigo pelas vielas estreitas, pequenas pontes com degraus ultrapassam os canais, permitindo que as gondolas os atravessem.

Anoitece. Continua a chover. Os poucos candeeiros deixam ver a cidade.

.

.

.

Anúncios