Monthly Archive: Fevereiro, 2018

JOSÉ PEDRO CORTES, PLANTA ESPELHO / MIRROR PLANT

Exposição na Galeria Francisco Fino, Rua Capitão Leitão, em Marvila, Lisboa, de 26 de janeiro a 01 de março de 2018. . . . António Bracons, Aspetos da exposição, 2018 . . É… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, DANCE ME – AS VINHAS DE NABOT. GRUPO DE TEATRO DE SANTO ANTÓNIO DO ESTORIL. RETRATOS DE PALCO, 2018 – III

. . . António Bracons, Dance Me – As vinhas de Nabot. Grupo de Teatro de Santo António do Estoril, 2018 . . . Dance Me – As vinhas de Nabot, foi escrita… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, DANCE ME – AS VINHAS DE NABOT. GRUPO DE TEATRO DE SANTO ANTÓNIO DO ESTORIL. RETRATOS DE PALCO, 2018 – II

. . .   António Bracons, Dance Me – As vinhas de Nabot. Grupo de Teatro de Santo António do Estoril, 2018 . . . Dance Me – As vinhas de Nabot foi… Continuar a ler

ANTÓNIO BRACONS, DANCE ME – AS VINHAS DE NABOT. GRUPO DE TEATRO DE SANTO ANTÓNIO DO ESTORIL. RETRATOS DE PALCO, 2018 – I

. . .   António Bracons, Dance Me – As vinhas de Nabot. Grupo de Teatro de Santo António do Estoril, 2018 . . . Dance Me – As vinhas de Nabot foi… Continuar a ler

NUNO MOREIRA, SHE LOOKS INTO ME, 2018

. . . Nuno Moreira She looks into me Fotografia: Nuno Moreira / Prefácio: M. F. Sullivan / Posfácio: Jesse Freeman / Texto: Adolfo Luxúria Canibal Lisboa: Autor / Janeiro . 2018 Português… Continuar a ler

CLÁUDIO GARRUDO, LUZ CEGA

Exposição em Lisboa, na Ermida Nossa Senhora da Conceição, Travessa do Marta Pinto, 21, de 06 de janeiro a 21 de fevereiro de 2018 . . .   António Bracons, Aspetos da exposição… Continuar a ler

VALTER VINAGRE, ENSAIAR, 2005

. . . Valter Vinagre Ensaiar Fotografia: Valter Vinagre / Texto: Jaime Rocha Lisboa: Assírio & Alvim / 2005 Coleção: Livros de fotografia Português / 21,4 x 20,4 / 84 págs Brochura com sobrecapa… Continuar a ler

A JORNADA (CIT.), HARRY CALLAHAN (E HIROSHI SUGIMOTO)

. . . A experiência é a melhor professora de todas. E para isso, não há garantias de que se torne um artista. Apenas a jornada é importante.” Harry Callahan . . .… Continuar a ler