ANTÓNIO BRACONS, LOYOLA 91, LOYOLA, CASA PATERNA DE SANTO INÁCIO, 30.07.1991

Apóstolos no mundo.

 

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

A Casa Paterna, ou Casa Santa, foi construída como uma torre, no séc. XIII, para servir como fortaleza, um cubo perfeito de 16 m de aresta

Sobre a porta de entrada, o antigo brasão da família.

Em 1456, na sequência do desafio lançado pelo avô do Santo, as Confrarias de Guipuzcoa, com o acordo do rei Henry IV, atacam e aniquilam a fortaleza, que perde os andares superiores, permitem-lhe a reconstrução da parte superior, mas não em pedra: edifica-a em 1461, em tijolo vermelho.

A casa-torre, onde nasceu Santo Inácio, é contígua e integra o Santuário de Loiola. Está recuperada como monumento, fazendo uma homenagem à vida do Santo, onde se pode seguir parte da sua biografia, através de diversos objetos e documentos.

No segundo e terceiro andar da casa, os vários compartimentos foram convertidos e m capelas e oratórios. Na capela que ocupa o quarto onde recuperou da batalha, inclui-se uma imagem sua, à escala natural.

A casa inclui ainda uma exposição sobre a vida de Santo Inácio.

 

 

 

Fim de tarde e noite…

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Ao fim do dia, um encontro com Maria de Lurdes Pintasilgo, que nos desafia ao compromisso no meio em que nos encontramos.

 

Loyola91-Guia (68)

 Texto de Maria de Lurdes Pintasilgo, guia da peregrinação.

 

À noite, vigília na basílica.

 

 

 

Advertisement