Monthly Archive: Fevereiro, 2016

ANA VIEIRA, FOTOGRAFIAS PINTADAS, 1973

Ana Vieira (Coimbra, 1940 – Lisboa, 29.02.2016)       Ana Vieira é uma artista plástica portuguesa. Cresceu em S. Miguel, nos Açores e em 1964 concluiu o Curso de Pintura na Escola… Continuar a ler

JOSÉ PEDRO CORTES, THINGS HERE AND THINGS STILL TO COME, 2011

      José Pedro Cortes Things here and things still to come Fotografia de José Pedro Cortes, edição e layout de José Pedro Cortes e André Príncipe Lisboa: Peter von Kleist Editions… Continuar a ler

ANDRÉ PRÍNCIPE E MARCO MARTINS, TOKYO DIARIES, 2014

      André Príncipe e Marco Martins Tokyo Diaries. August 2009 Fotografia de André Príncipe e Marco Martins. Com Daido Moriyama, Nobuyoshi Araki, Takuma Nakahira, Hiromix, Kohei Yushiyuki e Kajii Syoin. Participação… Continuar a ler

DAVID DOSRIUS, NOÉ SENDAS E SALVI DANÉ, PAGANO, BARBADO GALLERY, 2015

       Fotografia de Belinha Pires   Quem é Pagano? “Te mereces llamarte Pagano, el no bautizado, el no nomeado.”, escreve Belinha Pires, também ela artista, companheira de Pagano, num postal a… Continuar a ler

MONTEIRO GIL, OLHOS NOS OLHOS, GALERIA DIFERENÇA, 2016

            Monteiro Gil pertence ao grupo de fotógrafos que desenvolveram uma parte significativa do seu trabalho ligados à Cooperativa Diferença, e que incluía, entre outros, Fernando Curado Matos,… Continuar a ler

MÚLTIPLAS IMAGENS (cit.), DAIDO MORIYAMA

      Uma só fotografia pode conter múltiplas imagens.”   Daido Moriyama     © Daido Moriyama, Shinjuku, 2000-2004 . . .

ANTÓNIO JÚLIO DUARTE, JAPAN DRUG, 2014

      António Júlio Duarte Japan Drug Fotografia e texto de António Júlio Duarte Lisboa: Pierre von Kleist Editions / 2014 Inglês / 18.5 x 26.5 cm / 136 págs. Brochura /… Continuar a ler

FICÇÃO (cit.), GÉRARD CASTELLO-LOPES

      A fotografia é uma forma de ficção. É ao mesmo tempo um registo da realidade e um autorretrato, porque só o fotógrafo vê aquilo daquela maneira.”   Gérard Castello Lopes… Continuar a ler

PRAÇA-FORTE DE PENICHE, 2011

            No corpo mais saliente da Praça-Forte, o “Redondo” permite um horizonte sobre o mar e sobre a própria fortaleza.      

PRAÇA-FORTE DE PENICHE, 2008-2011

            A Praça-forte é constituída por uma série de obras defensivas, de muralha com baluartes, com planta de polígono irregular estrelado, adaptado ao terreno. Os trabalhos do chamado… Continuar a ler